domingo, 10 de julho de 2011


LAMENTO

Mulher,
Mãe,
Portal da vida,
Condutora de emoções,
Palavras que afagam,
Mãos que sustentam,
Fonte que alimenta,
Anjo que guarda.

És tão única
Que não tem rima,
Perfeita obra-prima!

Pena que o sopro da vida
Teve pressa de passar
E sem perguntar
A carregou para sempre.
Ainda vive, mas em minha mente.

Os dias perderam a cor,
O vazio se instalou
O silêncio fere tanto a alma
Que faz eco...

Mãe, minha alegria virou dor,
Meu sorriso se converteu em lágrimas.
Agora estou incompleta,
Levaram o meu pedaço, a minha mãe...

Zizi 12/05/2009


Nenhum comentário: